Follow by Email

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Campos é referência na destinação do lixo hospitalar

Campos é referência na coleta de lixo hospitalar. O trabalho é realizado com a utilização do autoclave, uma máquina que esteriliza materiais, como gaze, algodão, seringas, catéteres, escalpos e outros materiais médicos descartáveis, que após serem esterilizados, são levados para o Aterro Sanitário Ecológico, no distrito de Conselheiro Josino. 

- O autoclave é uma importante estrutura que preserva o meio ambiente e a saúde pública - disse o superintendente de Limpeza Pública, Carlos Morales.

Ele explica que existe um grupo destinado à separação do lixo comum do lixo hospitalar, dentro de cada unidade médica.

- Existe um caminhão específico para o recolhimento deste material e um grupo dentro das unidades, que separa o lixo comum e do lixo hospitalar, para que cada um tenha seu destino certo - destaca.

O autoclave funciona diariamente e hoje tem condições de realizar o tratamento de 100% do lixo produzido em hospitais e clínicas de Campos. Anteriormente, este lixo era descartado com um tratamento primário e muito do material era jogado a céu aberto, no antigo aterro controlado da Codin. 

- Hoje damos o destino final para o lixo hospitalar, preservando o meio ambiente e acabando com qualquer tipo de contaminação do solo – ressaltou Morales.

A Unidade de Tratamento de Resíduos de Saúde, com tecnologia autoclave foi, instalada em uma área total de 1.470m², no distrito industrial da Codin, e é a terceira do estado do Rio. A unidade tem capacidade de tratar 3 toneladas de resíduos por cada ciclo de 40 a 50 minutos em média e 5,5 toneladas ao dia. Seu sistema de aquecimento chega a 180° C. Além de Campos, aunidade recebe o lixo hospitalar de outros municípios da região.

Disponível em: http://www.campos.rj.gov.br/exibirNoticia.php?id_noticia=38277

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !