Follow by Email

quinta-feira, 6 de outubro de 2016




A prefeita Rosinha Garotinho confirmou agora à tarde que nenhuma obra em andamento será paralisada, que os benefícios sociais, entre eles o Cheque-Cidadão serão mantidos até o dia 31 de dezembro, e que os funcionários da prefeitura não correm o menor risco de passar pela humilhação dos servidores estaduais. Rosinha disse ainda que não criará nenhuma dificuldade para que o próximo prefeito cumpra suas promessas, fornecendo todas as informações necessárias para que ele possa montar junto com sua equipe a transição de governo, e deseja que o povo não seja prejudicado com a interrupção da passagem social a R$ 1 ou de outros programas que integraram a cidade.


O estranho resultado da eleição em Campos

Reprodução do site do TSE
Reprodução do site do TSE



Os números não mentem como vocês poderão conferir abaixo, que foram extraídos do site oficial do TSE, que mostram que algo estranho ocorreu na eleição em Campos. Os votos dados às 4 coligações e outros 4 partidos que individualmente apoiaram a candidatura do Dr. Chicão somaram 161.148 votos. Por outro lado, a coligação que elegeu Rafael Diniz composta de PV, PPS - Rede obteve apenas 26.232 votos. A coligação de 4 partidos que apoiou Caio Vianna teve 45.178 votos. A coligação que apoiou Rogério Matoso obteve 7.178 votos e não elegeu nenhum vereador. Os partidos que apoiaram Nildo Cardoso, cada um com sua chapa própria, o DEM teve 5.09o votos, e o PP conseguiu 2.605 votos, sendo que nenhum dos dois elegeu vereadores, o mesmo ocorrendo com o PMDB, cuja soma de todos os seus candidatos a vereador somou 9.041 votos. O PT, que não apoiou nenhum candidato a prefeito coligou-se com PEN e PMN, que juntos somaram 10.282 votos, insuficientes também para eleger um vereador.

A soma dos votos obtidos pelos candidatos a vereador de todos os partidos e coligações da oposição foi de 105.606 votos, enquanto a coligação dos partido que apoiaram Dr. Chicão / Mauro Silva somaram 161.148 votos.

É no mínimo estranho que o Dr. Chicão tenha tido a metade dos votos de todos os candidatos da sua coligação, e que o vencedor da eleição, o futuro prefeito Rafael Diniz tenha tidos seis vezes os votos conseguidos por seus candidatos a vereador.

É claro que com a campanha mentirosa, difamatória, covarde desenvolvida nos últimos dias pelos meios de comunicação, que em massa apoiavam a candidatura do representante dos "barões" de Campos alguns votos pudessem ser descasados, mas nessa proporção é impensável e pouco provável.

A prefeita Rosinha Garotinho confirmou agora à tarde que nenhuma obra em andamento será paralisada, que os benefícios sociais, entre eles o Cheque-Cidadão serão mantidos até o dia 31 de dezembro, e que os funcionários da prefeitura não correm o menor risco de passar pela humilhação dos servidores estaduais. Rosinha disse ainda que não criará nenhuma dificuldade para que o próximo prefeito cumpra suas promessas, fornecendo todas as informações necessárias para que ele possa montar junto com sua equipe a transição de governo, e deseja que o povo não seja prejudicado com a interrupção da passagem social a R$ 1 ou de outros programas que integraram a cidade. 

FONTE BLOG DO GAROTINHO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !