Follow by Email

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Impunidade

Passados 28 anos da morte violenta de Chico Mendes, o Brasil voltou a ocupar a primeira página do "Washington Post" com a denúncia da ONG Global Witness, de que 157 ambientalistas foram assassinados aqui, entre 2010 e 2014 - recorde no planeta

Passados 28 anos da morte violenta de Chico Mendes, o Brasil voltou a ocupar a primeira página do “Washington Post” com a denúncia da ONG Global Witness, de que 157 ambientalistas foram assassinados aqui, entre 2010 e 2014 – recorde no planeta. Em segundo lugar está Honduras, com 103 mortes de defensores do meio ambiente no período. As maiores vítimas em nosso País foram os indígenas e 90% dos criminosos saíram impunes.
BOE-05-IE.jpg
FONTE ISTO É

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !