Follow by Email

quarta-feira, 13 de abril de 2016

GAM devolveu 245 animais silvestres ao habitat natural
Foram 9 aves, 22 mamíferos e 14 répteis (Foto: Divulgação)

Duzentos e quarenta e cinco animais silvestres foram devolvidos ao seu habitat natural no último trimestre pelo Grupamento Ambiental Municipal (GAM): 209 aves, 22 mamíferos e 14 répteis. As aves são gaviões, corujas, papagaios, tizis, coleiros e canários da terra. Os mamíferos são gambás, ouriços cacheiros, tamanduás mirins e capivara.

Os répteis são cobras jiboias e papa pintos, jabuti e cágados. Os animais silvestres resgatados no primeiro trimestre, no total são 140, sendo 99 aves, 35 mamíferos e seis répteis. Houve um aumento nas ações de mais de 150% em relação ao primeiro trimestre de 2015, quando foram atendidas 55 ocorrências.

O Grupamento Ambiental realiza um trabalho de prevenção de animais silvestres. No primeiro semestre de 2016, 134 ocorrências foram atendidas, sendo 41% resgates e apreensão de animais silvestres, 26% soltura de animais silvestres, 8% apoio a outros órgãos e secretarias, 7% maus-tratos a animais, 7% caça e pesca ilegais, 6% educação ambiental e 5% desmatamento e aterramento.
   
— As denúncias visam a coibir a prática de crimes ambientais. Com a ajuda da população, a fiscalização e a realização de operações contra crimes ambientais se tornam mais eficientes e frequentes. A população se torna os nossos olhos, uma vez que é impossível estarmos em todos os lugares 24 horas por dia. Noventa por cento das nossas ações ocorrem graças às denúncias da população — ressaltou o comandante do Grupamento Ambiental, Sávio Tatagiba.

Em casos de denúncias ou surgimento de animais silvestres, a população pode entrar em contato através dos telefones 153 e 2733-7655.

De acordo com o artigo 29 da Lei 9605/98, é crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécies de animais silvestres, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente ou em desacordo com a licença obtida. A pena pode ser detenção de seis meses a um ano, além de multa. 
Por: Aline Mendes (Estagiária) - Foto: Divulgação -  08/04/2016 10:10:59

Disponível em: http://www.campos.rj.gov.br/exibirNoticia.php?id_noticia=35278

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !