Follow by Email

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016


Pezão e o secretário da Casa Civil, Leonardo Espíndola (no fundo)
Pezão e o secretário da Casa Civil, Leonardo Espíndola (no fundo)


O saco de maldades de Pezão contra os servidores estaduais parece não ter fim. Até hoje nem professores, nem policiais viram a cor do dinheiro dos bônus por metas do ano passado. Nem o primeiro semestre foi pago aos policiais civis e militares. Mas pelo jeito Pezão vai cortar de vez todos os bônus. Quanto aos 8.500 cargos de confiança, distribuídos entre o PMDB e os aliados, isso Pezão não corta de jeito nenhum. Aliás, como continua, mostrei isso duas postagens abaixo, a farra dos incentivos fiscais. Depois quem dança são os servidores estaduais. Vergonha, Pezão! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !