Follow by Email

terça-feira, 30 de junho de 2015

Análise dos pontos positivos e negativos de sistemas de captação de água de chuva
Houve um declínio no aproveitamento de água de chuva a partir da metade do século XX devido ao grande entusiasmo pela construção de barragens, aproveitamento intenso de águas subterrâneas e uso de grandes sistemas de abastecimento de água. Entretanto, a captação de água de chuva vem ganhando destaque por ser uma forte aliada para a conservação dos recursos hídricos, principalmente no contexto atual marcado por uma expressiva escassez hídrica. Nesse contexto, o presente estudo visou fazer uma análise dos pontos positivos e negativos do uso de sistemas de captação de água de chuva. A metodologia utilizada consistiu na revisão bibliográfica acerca do tema em periódicos científicos e em empresas fabricantes de componentes para captação de água de chuva. Ao final do estudo, conclui-se que o sistema de captação de água de chuva é uma técnica que deve ser encorajada, porém existem problemas quanto à qualidade da água armazenada, principalmente problemas com contaminação de origem biológica. 


Clássico Flamengo e Vasco é disputado em Cuiabá


É lamentável a situação hoje do Maracanã. Cabral e Pezão gastaram quase R$ 1,5 bilhão para reformar o estádio e entregá-lo de mão beijada a Eike Batista. Como o empresário quebrou, o Maracanã ficou para a empreiteira que concluiu a obra. Agora Pezão aceitou reduzir em 80% o que a concessionária teria que pagar ao Estado do Rio. E isso em época que Pezão precisa mais do que nunca de dinheiro, mas reduzir o lucro dos amigos, isso jamais. Os ingressos passaram a custar valores que afastaram de vez o povo do estádio. Os custos elevadíssimos também estão afastando os clubes.

Hoje, o maior clássico do futebol carioca, Flamengo x Vasco, será disputado em Cuiabá, muito longe do Maracanã, e vários outros jogos dos times do Rio já estão programados para outros estados. O Maracanã virou ambiente elitista pelas mãos de Cabral e Pezão.

Quando assumi o governo do Rio, em 1999, o Maracanã estava fechado, o governo anterior queria demoli-lo, os jogos do Campeonato Carioca eram disputados em Juiz de Fora. Reabrimos o Maracanã, depois, no governo Rosinha, criamos a promoção Gol de Placa, onde o torcedor com notas fiscais e comprando uma raspadinha de R$ 1 trocava por um ingresso. Com isso levamos o povão para o Maracanã e outros estádios. Agora, com Cabral e Pezão, o Maracanã deixou de ser a alegria do povo. 

FONTE BLOG DO GAROTINHO

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Estaremos presente prestigiando nosso companheiro da Prefeitura e da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental, neste empreendimento importante para a comunicação ambiental.

FONTE BLOG DO ROBERTO MORAES.

Revista Informe Ambiental

O blog saúda a inciativa do Cristiano Peixoto e Roger Coutinho com a criação da revista Informe Ambiental. Além dos exemplares impressos (1.500) que segundo eles serão distribuídos gratuitamente, eles informam sobre o blog da revista: http://www.informeambientalbr.com.br/

Além disso emitiram o convite para o lançamento da revista na próxima quinta-feira, 2 de julho, às 19 horas, no auditório da TecCampos/UENF. O blog deseja sucesso na empreitada:

FONTE

domingo, 28 de junho de 2015

Você Viu ? Estudo aponta que sacolas plásticas são as embalagens mais sustentáveis


Pesquisa realizada no Reino Unido mostra que, no comparativo com outros tipos de sacolas, as sacolinhas plásticas levam vantagem por sua praticidade, economia que oferece e capacidade de reutilização.

Um estudo britânico sobre o impacto ambiental de diversos tipos de sacolas de supermercado mostrou que as sacolas plásticas trazem menor impacto ao meio-ambiente que outros tipos de sacolas. O estudo verificou o ciclo de vida de sacolas de algodão, ecobags, sacos de papel e sacolas plásticas tradicionais e o resultado apontou que a proporção de matéria prima usada nas sacolinhas em comparação com as tantas possibilidade de reutilização que elas oferecem as fazem ser mais sustentáveis que os outros tipos de sacola.
Segundo o estudo, as ecobags de outros materiais teriam que ser reutilizadas mais de 100 vezes para compensar a quantidade de material que levam em sua produção. As de papel, cerca de três vezes mais, porém a fragilidade do material não o permite. Já a sacola plástica comum tem a resistência suficiente para ser reutilizada por mais de cinco vezes (número mínimo para justificar sua produção) e, depois disso, ainda serve para embalar o lixo residencial, promovendo a saúde pública.
Outro importante dado do estudo é que, devido ao fato da sacolinha plástica apresentar o menor peso dentre as opções analisadas, ela apresenta, em seu processo produtivo, a menor geração de CO2 frente as outras opções. A sacolinha de plástico apresentou os menores impactos ambientais em oito das nove categorias de avaliação de performance trabalhadas neste estudo.
A Plastivida Instituto Sócio Ambiental dos Plásticos, entidade que trabalha pela conscientização da população sobre o uso correto, reutilização e descarte responsável dos produtos pós-consumo, alerta que ações ambientais devem ter consistência para que sejam realmente sustentáveis. “Por que se falar em banir determinado produto quando estudos científicos mostram que ele supera outros em diversos quesitos de avaliação ambiental?”, questiona Miguel Bahiense, presidente da Plastivida. E completa: “Informação técnica ou científica é importante para trazer à população a informação correta, para que ela possa escolher qual a melhor embalagem na hora de carregar suas compras.”
Programa de conscientização – Desde 2008, a Plastivida, juntamente com o Instituto Nacional do Plástico (INP) e a Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis (ABIEF), promove o Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas, que incentiva o consumo adequado dessas embalagens, sem o desperdício. E os resultados são consistentes, e reconhecidos, até mesmo pelo governo federal. Em 2007, o consumo de sacolas era de 17,9 bilhões. Em 2008, passou para 16,4 bilhões, em 2009 para 15 bilhões e fechou 2010 em 14 bilhões. A expectativa para este ano é de que haja a redução no consumo de mais 750 milhões de unidades dessas embalagens, o que representa 26,3% menos de sacolinhas sendo consumidas de 2008 a 2011. “Estamos próximos de atingir a marca dos 30%, proposta no lançamento do Programa, marca que algumas das redes que participam conosco desta iniciativa, como o Pão de Açúcar, já superou em suas lojas”, afirma Bahiense.
A iniciativa conta hoje com a participação de quatro das seis maiores redes de supermercado do ranking da Abras (Pão de Açúcar, Zaffari, Prezunic e GBarbosa), além de dezenas de outras redes pelo Brasil. Além disso, mais de cinco mil pessoas, entre supervisores e operadores de caixa dos supermercados participantes foram treinados para orientar os consumidores sobre o uso responsável das sacolinhas.
Acompanhe a evolução da redução do consumo de sacolas plásticas no Brasil: 
ANOSacolas fabricadas (bilhões de unidades)Redução de sacolas (bilhões de unidades)Redução (%)
200717,9XXXXXX
200816,41,58,4
200915,01,416,2
201014,01,021,8
2011*13,20,826,3
* Previsão
Fonte: Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas
Quando o assunto é a embalagem para se carregar as compras, acreditamos que é direito do consumidor escolher o melhor modo de levar suas compras para casa. Segundo pesquisa Ibope, 71% das donas de casa apontam as sacolinhas plásticas como as preferidas para transportar as compras e 75% delas são a favor do seu fornecimento pelo varejo.
Também acreditamos que, quando se fala em programas ambientais que abordam o consumo de embalagens, o consumidor não pode ser penalizado. A pesquisa Ibope também apontou que 100% das donas de casa utilizam as sacolas para embalar o lixo doméstico. Embalar o lixo em plástico é fator primordial para saúde pública. Isso, sem falar de outras dezenas de alternativas de reutilização para as sacolinhas já assimiladas pela população, entre elas carregar guarda-chuva molhado na bolsa, levar roupas para academia, embalar alimentos, o lanche das crianças, transformá-las em brinquedos como pipas, entre dezenas de outras, que proporcionam praticidade e economia ao consumidor.
Escola de Consumo Responsável - A Plastivida acredita que a solução mais equilibrada está no investimento na informação e conscientização. Assim, os idealizadores do Programa também desenvolveram a Escola de Consumo Responsável, um projeto itinerante que leva os conceitos de uso responsável e descarte adequado dessas embalagens para todo o país, através do treinamento das lideranças dos supermercados para que se tornem multiplicadores de ações responsáveis.
Na sociedade contemporânea, a melhor forma de se usufruir dos benefícios (conforto, praticidade, economia, segurança e qualidade de vida) a que todos temos direito é utilizar este ou qualquer outro produto de forma responsável, o que significa aplicar o conceito ambiental, reconhecido internacionalmente, dos 3R's: Reduzir, Reutilizar e Reciclar. “Há uma série de propostas e projetos de lei no Brasil que citam o banimento das sacolas plásticas, mas se baníssemos tudo o que é moderno voltaríamos aos primórdios, com baixa qualidade e baixa expectativa de vida”, reforça Bahiense e completa: “a solução está na responsabilidade compartilhada entre a população, poder público e indústria no que tange ao consumo responsável e ao descarte adequado de qualquer produto”.

Informações para a imprensa:
M.Free Comunicação

sábado, 27 de junho de 2015

PEC cria Carreira Nacional do Magistério Público da Educação Básica

Da Redação |   


Os profissionais do ensino básico poderão ser organizados em uma Carreira Nacional do Magistério Público da Educação Básica, organizada e financiada pelo governo federal. É o que propõe o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) por meio da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 80/2015, que começa a tramitar na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.
“A necessidade de revolucionar o ensino básico no Brasil é um consenso nacional”, observa Fernando Bezerra. “E as deficiências na descentralização da educação pública – atualmente, organizada no modelo tripartite e financiada principalmente pelos estados e municípios – é uma das principais razões do mau financiamento do setor e da má qualidade do ensino”, argumenta o senador.
De acordo com a PEC 80, a criação da Carreira Nacional do Magistério Público da Educação Básica estabelecerá um piso salarial para a categoria, que também contará com o benefício da progressão funcional, com base na titulação ou habilitação e na avaliação de desempenho dos profissionais. “Esta  nova carreira tem o objetivo de promover a valorização dos professores e técnicos do ensino básico; inclusive, a partir da garantia de pagamento de melhores salários em nível nacional”, explica Fernando Bezerra Coelho.
Pela proposta do senador, o ingresso na carreira será exclusivamente mediante concurso público de provas e títulos. Os professores terão jornada integralizada em um mesmo estabelecimento de ensino e contarão com aperfeiçoamento continuado, inclusive com licenciamento periódico remunerado para a capacitação. “A ideia é evitar que os docentes precisem trabalhar em mais de uma instituição para complementar a renda. Também queremos estimular o permanente aprimoramento profissional ao se estabelecer período reservado a estudos, planejamento e avaliação, incluído na carga de trabalho dos professores”, ressalta Fernando Bezerra.
A PEC permite, ainda, que os profissionais da carreira nacional atuem em escolas das redes federal, estadual ou municipal, conforme normas de lotação definidas em regulamento. Pela proposta, programas de educação infantil e de ensino fundamental também deverão ser mantidos por meio da cooperação técnica e financeira entre a União e os Estados. “A efetiva participação do governo federal na organização e no financiamento da educação pública garantirá mais investimentos ao setor”, defende o parlamentar. “Os recursos serão destinados à melhoria da infraestrutura das escolas, aquisição de materiais didáticos e implementação de programas educacionais inovadores”, completa.

FUNDEB

Por meio de outra proposta afinada à PEC 80 – o Projeto de Lei do Senado (PLS) 338/2015, que tramita na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado –, Fernando Bezerra Coelho também “provoca” a União a ampliar sua participação efetiva na remuneração dos profissionais do ensino básico. O PLS 338 eleva dos atuais 60% mínimos para até 70% a parcela dos recursos anuais totais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), destinados ao pagamento de salários e benefícios para docentes e técnicos deste segmento do magistério.
De acordo com o projeto de lei, quando ultrapassado este limite percentual pelo ente federado, a União se comprometerá com a integralização do pagamento do piso salarial à categoria. “O objetivo é garantir, por meio da efetiva participação do governo federal, o pagamento de um piso salarial mais atrativo aos profissionais da educação básica”, afirma o senador. “Com isso, acredito que aumentaremos a atratividade da carreira docente e daremos condições mais dignas de trabalho para os professores e técnicos que atuam na rede pública do ensino básico”.
(Da assessoria de imprensa do senador)
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Prefeito turco interrompe coleta de resíduo para conscientizar a população

Simone Bastos, Professor Resíduo
10:36:PM - 23/Jun/2015
linguagemgeografica.blogspot.com

A praça ? um dos principais cartões-postais da cidade de Yozgat, na região central da Turquia
Arslan diz que se a Prefeitura não tomar uma providência, as pessoas vão continuar a sujar a praça, sabendo que alguém virá para limpá-la
O prefeito da cidade de Yozgat, Kazim Arslan, região central da Turquia, proibiu os garis de limpar a área por dez dias. Segundo ele, o objetivo é fazer com que a população local se conscientize da quantidade de lixo que joga nas ruas.
A praça, um dos principais cartões-postais da cidade, costuma ser alvo de descarte de cascas de sementes de girassol, um popular aperitivo turco, assim como pacotes de biscoitos e bitucas de cigarro.
Arslan diz que se a Prefeitura não tomar uma providência, as pessoas vão continuar a sujar a praça, sabendo que alguém virá para limpá-la.
Alguns moradores, no entanto, não parecem desconfortáveis com o acúmulo de resíduo e continuam frequentando o local. "Não faremos qualquer concessão. Vamos mudar esses maus hábitos", afirmou o prefeito.
Uma equipe de garis foi instruída a coletar o lixo assim que o período de dez dias terminar, mas o prefeito espera que até lá possa ter conscientizado a população. "Espero que as pessoas cuidem da cidade delas", disse o prefeito. "Ninguém tem o direito de pensar: 'Se eu jogar lixo na rua, a Prefeitura vai limpar.”
Informações: Terra Brasil

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Humanidade está provocando a sexta extinção em massa da Terra, diz estudo

Análise mostra que a taxa de extinção atual é até cem vezes maior do que o esperado pela seleção natural

BRUNO CALIXTO
20/06/2015 - 
Assine já!
O filhote de panda Bao Bao completa um ano no zoológico de Washington e é recebido por uma festa de aniversário tradicional chinesa chamada Zhuazhou (Foto: Pablo Martinez Monsivais/AP Photo)
Em seus 4,5 bilhões de anos, o planeta Terra já passou por cinco grandes episódios de extinção em massa de animais e plantas. O mais famoso desses eventos aconteceu há 66 milhões de anos, quando a queda de um asteroide matou 75% das espécies, incluindo os dinossauros. Já o mais letal foi há 252 milhões de anos, quando a maior sequência de erupções vulcânicas da história envenenou a atmosfera e o oceano e matou mais de 95% das espécies existentes. Agora, segundo um estudo publicado na Science Advances, há indícios de que o planeta está passando pela sexta grande extinção. E a culpa é da humanidade.
Extinções sempre existiram. Espécies que não conseguem se adaptar ou a sobreviver em determinados ambientes ou climas acabam perecendo. É a seleção natural. O estudo, liderado pelos pesquisadores Gerardo Ceballos e Paul R. Ehrlich, estimou qual seria a taxa normal de extinção para mamíferos, pássaros, anfíbios e outros grupos de vertebrados, e comparou com as taxas de extinção atuais.
Por exemplo, a estimativa diz que, por seleção natural, era esperado que apenas uma espécie de réptil desaparecesse no último século. No entanto, nesses cem anos registramos 24 espécies extintas. Duas espécies de aves deveriam ter desaparecido pela seleção natural, mas já observamos o desaparecimento de 80. De mamíferos, deveríamos ter perdido apenas uma, mas 69 já desapareceram. A pior situação é a dos anfíbios: de 1,46 para 146. Ou seja, cem vezes mais anfíbios desapareceram do que o esperado por causas naturais.
Um dos sapos minúsculos encontrados na Mata Atlântica por uma equipe de pesquisadores brasileiros e descrito pela primeira vez na ciência (Foto: Luiz Fernando Ribeiro/Creative Commons)
"Nossa análise mostra que a taxa atual de extinção ultrapassa, em muito, a média esperada, mesmo quando usamos cálculos conservadores. Podemos concluir, com confiança, que as taxas de extinção modernas são excepcionalmente altas, que elas estão aumentando, e que isso sugere que uma extinção em massa está em curso - a sexta desse tipo nos 4,5 bilhões de anos da história da Terra", diz o estudo.
Esse estudo se soma a outros, como um publicado no ano passado naScience, que estimou uma taxa de extinção ainda mais acelerada. A diferença da análise publicada nesta semana é que os pesquisadores usaram uma métrica mais conservadora, para tentar encontrar dados mais realistas e não correr o risco de superestimar o impacto humano no ambiente. Ainda assim, os números encontrados indicam uma grande extinção em curso, que rivaliza com a que acabou com os dinossauros.
Por causa dos resultados, os pesquisadores fazem um alerta. "Se as extinções continuarem nesse nível, a humanidade será em breve privada de muitos benefícios da biodiversidade". Para evitar esse cenário, eles sugerem políticas para evitar a destruição de habitats e a superexploração econômica do meio ambiente, e defendem combater os impactos das mudanças climáticas.
fonte :epoca online

Morre Nirmala, sucessora de Madre Teresa de Calcutá

Nirmala Joshi tinha 81 anos e sofria de problemas cardíacos

Agência ANSA
A freira Nirmala Joshi, escolhida por Madre Teresa de Calcutá para ser sua sucessora, morreu nesta terça-feira (23), aos 81 anos de idade. Um responsável pela Congregação das Missionárias da Caridade de Calcutá informou que a religiosa não estava se sentindo bem nos últimos dias e tinha uma doença cardíaca.
    O presidente da Índia, Pranab Mukherjee, disse que a morte "é uma grave perda para o mundo". Em 2009, em uma assembleia da congregação, ficou estabelecido que a sucessora de Nirmala seria a alemã Mary Prema Pierick, de 62 anos. Vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Madre Teresa de Calcutá fundou a entidade em 1950. (ANSA)

quinta-feira, 25 de junho de 2015




Apesar da crise econômica que afeta o governo federal e as cidades e estados brasileiros, especialmente aqueles que amargam a queda do preço internacional do petróleo, como é o caso de Campos, Macaé, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, entre outros, a prefeita Rosinha Garotinho tem adotado medidas de austeridade como poderão ver na matéria abaixo, e que possibilitarão o pagamento da primeira parcela do 13º salário já agora no mês de junho junto com o salário de junho.


FONTE BLOG DO GAROTINHO

CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO ELEITORAL DE COMPOSIÇÃO DO PLENÁRIO ,SEGMENTO SOCIEDADE CIVIL

ATO DO PRESIDENTE

EDITAL DE CONVOCAÇÃO COMAMSA Nº 01/2015

CONVOCAÇÃO PARA O PROCESSO ELEITORAL DE COMPOSIÇÃO DO PLENÁRIO - SEGMENTO SOCIEDADE CIVIL DO CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO

O Subsecretário Municipal de Desenvolvimento Ambiental, no uso de suas atribuições legais, CONVOCA as entidades interessadas a participarem do processo eleitoral para composição do segmento SOCIEDADE CIVIL do plenário do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento, criado pela Lei Municipal nº 8604, de 03 de dezembro de 2014, em substituição ao Conselho Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, para o triênio 2015 - 2018, conforme regulamento a seguir.
1. A Plenária do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento será composta por 16 Instituições, assim distribuídas:
I - PODER PÚBLICO -08 instituições
II-ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE CIVIL: 08 instituições
2. Critérios:
2.1. A participação no Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento é conferida às pessoas jurídicas componentes dos segmentos da sociedade civil (entidades ambientalistas, comunitárias, de classe, prestador de serviços públicos de saneamento básico, entidades técnicas e defesa do consumidor relacionada ao saneamento) e do segmento governamental (poder público).
2.1.1 O Segmento governamental terá sua representação composta por indicação do poder público municipal.
2.2. Para se habilitarem a participar do processo, as entidades da Sociedade Civil  deverão se inscrever mediante a apresentação dos seguintes documentos: Ofício de indicação dos representantes titular e suplente, assinado pelo gestor responsável da entidade; Ficha de Inscrição (Anexo I), cópia de seus Atos Constitutivos (Contrato Social ou  Estatuto e Regimento Interno quando couber) devidamente registrados e cópia autenticada da ata da reunião de Eleição e posse da atual Diretoria.
2.3. A eleição das entidades da Sociedade Civil será feita por seus pares, em fórum específico realizado de acordo com a data indicada no calendário.
2.4. A Comissão de Organização e Coordenação do Fórum Eleitoral será designada pela Presidência do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento.
2.5. Encerrado o prazo de inscrições, a Comissão de Organização e Coordenação do Fórum divulgará a relação das entidades do segmento SOCIEDADE CIVIL habilitados, conforme calendário.
2.6. Será aberto prazo para interposição de recursos, julgamento dos mesmos e divulgação final dos habilitados, conforme calendário.
2.7. A divulgação da lista dos habilitados será feita pela Comissão de Organização e Coordenação do Fórum no site oficial da SEDAM (Secretaria de Desenvolvimento Ambiental), conforme o calendário.
2.8. As instituições interessadas poderão se inscrever mediante entrega dos documentos exigidos neste Edital entre os dias 12 e 24 de junho de 2015, na sede da SEDAM, no seguinte endereço: Avenida Osvaldo Cardoso de Melo, nº 1233 – Parque São Caetano, das 8 as 17 horas.
Anexos:

I. ficha de inscrição para o processo eleitoral.
II. calendário do processo eleitoral.
III. formulário de recurso.
IV. programação.

Campos dos Goytacazes, 10 de junho de 2015


Zacarias Albuquerque Oliveira

Presidente do Conselho Municipal de Meio Ambiente e Saneamento

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Americano avança e está na final da Taça Corcovado

Arnaldo Neto 
Americano e Portuguesa vão reeditar na final da Taça Corcovado, o segundo turno do Estadual da Série B, os confrontos decisivos da Taça Santos Dumont, quando a Lusa foi campeã do primeiro turno deste ano. O Alvinegro conquistou a vaga neste domingo (21), quando passou pelo Duque de Caxias na disputa de pênaltis, no Marrentão.
No tempo regulamentar, o Americano esteve apagado nos 15 minutos da etapa inicial e sofreu os dois gols em 12 minutos. O primeiro gol foi de Dudu, que de bicicleta abriu o placar para o Duque aos dois minutos. Aos 12, de cabeça, Paulinho Guará, de cabeça, ampliou o placar.Como no jogo de ida a equipe campista venceu pelo mesmo placar, a vaga para a final da Taça Corcovada foi decidida nos pênaltis.
 No restante da partida, o domínio da posse de bola foi do Alvinegro, que criou algumas oportunidades, mas não conseguiu concluir. O Duque de Caxias apresentou algumas jogadas perigosas de contra-ataque, mas não conseguiu finalizar a partida.
Na cobrança de pênaltis, o Duque de Caxias abriu a série com Edson, que converteu a primeira cobrança. Espinho converteu para o Americano e igualou. Dudu e Thiago Spice perderam as duas cobranças seguintes do Duque. Pelo Americano, Ramon converteu e Philip, desperdiçou. Depois foi a vez de Marlinho converter. Adrianinho deixou a bola no fundo da rede, deixando o Alvinegro em vantagem. Paulinho Guará fez a última cobrança do Duque, converteu e igualou a série. A cobrança da classificação ficou para Léo Guerreiro, que não desperdiçou e levou o Americano para a final da Taça Corcovado. 
A Portuguesa venceu a equipe do América no sábado (20) e assistiu de camarote a classificação do Alvinegro. A decisão acontece em dois jogos, na quarta (24), com mando de campo da equipe campista, e no sábado (27), no Luso Brasileiro. No primeiro turno, a Lusa foi campeã sobre a equipe campista. 

FONTE FOLHA DA MANHA

terça-feira, 23 de junho de 2015

Inverno começa; população deve ter cuidados especiais com saúde

O inverno começa oficialmente neste domingo (21) e a diminuição da temperatura deve vir acompanhada de cuidados com a saúde, principalmente de crianças, idosos e pessoas propensas a doenças respiratórias. Segundo o médico alergista, José Carlos Perini, as mudanças bruscas de temperatura que ocorrem ao longo do dia causam um estresse no corpo fragilizando a resistência orgânica.
Presidente da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, Perini explica que muitos hábitos - como fechar os ambientes em casa, no trabalho, no carro e até mesmo no transporte coletivo - acabam atrapalhando a imunidade do organismo. “Esse enclausuramento por causa da temperatura é um fator de risco e facilita a proliferação de vírus pelo ambiente. Quando fazemos isso em casa também ajudamos os ácaros, fungos e mofo a proliferarem mais rapidamente”, disse.
A dica do alergista é fazer circular o ar no ambiente, deixando uma fresta da janela aberta no transporte e em casa durante o dia, e evitar aglomerações. Ele aconselha ainda as pessoas, principalmente os alérgicos, a lavarem as roupas que estão guardadas há certo tempo, antes de usar, porque elas acumulam mofo.
O período frio também vem acompanhado da proliferação de vírus respiratórios, que aumentam manifestações respiratórias, como a gripe, o resfriado e a rinite alérgica, disse Perini, explicando que os pacientes com asma devem ter mais atenção, já que a frio simula a contração do pulmão e pode agravar o problema. “A pessoa que tem doença crônica deve ter o acompanhamento de um médico. No Brasil, apenas 10% a 15% das pessoas que têm asma usam os tratamentos adequados e é absurdo porque já há acesso gratuito a medicamentos”, disse o alergista, destacando que entre 2,5 mil e 3 mil pessoas morrem de asma no Brasil todos os anos.
O especialista alerta para a importância, como medida de prevenção, da vacina contra a gripe oferecida pelo governo para grupos específicos.
Além das baixas temperaturas, algumas regiões também são marcadas pela queda da umidade no ar, um agravante para o organismo, disse Perini, pois as pessoas ficam com dificuldade de respirar. Ele explica que, além de nebulizadores, podem ser utilizadas toalhas molhadas esticadas pela casa para aumentar a umidade do ar. “Bacia, balde ou copo com água são mitos, porque a superfície é reduzida e a água não vai conseguir evaporar”, enfatizou.
O uso de aquecedores em casa também é aconselhado pelo alergista, desde que em uma temperatura confortável, por volta de 21 graus Celsius.
Além do sistema respiratório, a pele também é muito prejudicada com o tempo seco. Ele lembra que banhos quentes removem a hidratação natural da pele.
É importante também tomar muito líquido, comer frutas, legumes e verduras. Segundo Perini, é importante estar atento para a diversidade de cores no pratu o que ajuda a aumentar a diversidade de vitaminas protetoras.
O inverno este ano deve ser um pouco mais quente em praticamente todo o país, segundo a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), com até 1 grau Celsius de aumento. Será um período de temperaturas amenas, mas com frio intenso na entrada de massas de origem polar nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e com menos frequência e menos intensos no sul das Regiões Norte e Nordeste.
O Inmet prevê ainda chuvas acima do normal para o período no leste de Mato Grosso e em áreas no norte de Goiás, norte do Pará e Amapá, Rondônia e Rio Grande do Sul. Chuvas abaixo das normais serão verificadas no leste de Goiás, norte e sul de Mato Grosso, oeste do Pará e região central do Amazonas, litoral do Nordeste, Minas Gerais, São Paulo e oeste do Mato Grosso do Sul e noroeste do Paraná. Nesta época do ano, os valores médios das chuvas no Centro-Oeste são muito baixos, entre 10 milímetros (mm) e 30mm de precipitações mensais, exceto no extremo sul de Mato Grosso do Sul que tem médias históricas entre 60mm e 80mm nesses meses.
Segundo o Inmet, outro fenômeno meteorológico comum nessa época do ano são as inversões térmicas que causam nevoeiros e neblinas nas primeiras horas do dia, mas provocam queda da umidade relativa do ar, chegando a registrar valores de até 30% e por vezes abaixo desse valor, na região central do Brasil. O ar seco e o vento calmo favorecem a ausência da chuva, a suspensão de poeira e fumaça e as queimadas.


Fonte: Agência Brasil
REPRODUÇÃO: FOLHA DA MANHA ONLINE

Postagem da Prefeitura do Rio no Facebook, que depois foi apagada
Postagem da Prefeitura do Rio no Facebook, que depois foi apagada


O Rio de Janeiro no passado já foi tido como a vanguarda do país, o estado onde a população se indignava e ia para as ruas protestar ou defender bandeiras populares. Desde "O Petróleo é nosso", passando pela passeata dos 100 mil, em plena ditadura, depois tivemos o comício de 1 milhão pelas Diretas Já, em seguida vimos nascer o movimento dos caras pintadas pelo impeachment de Collor. Hoje o Rio vive um momento dramático, nada funciona. A segurança pública vive uma situação de descalabro, a saúde é um caos generalizado, falta merenda nas escolas, acabaram as Farmácias Populares, os Restaurantes Populares servem uma gororoba vergonhosa, tudo está parando, funcionários terceirizados não recebem. Além disso o ex-governador, Cabral, e o atual, Pezão estão envolvidos no Petrolão. O prefeito Eduardo Paes se recusa a baixar as passagens de ônibus e faz lobby em Brasília pelos donos das empresas.

Vários leitores do blog se queixam que o povo não protesta, aceita tudo calado. Realmente o Rio de Janeiro está adormecido. É claro que o vandalismo, incentivado por Cabral e Beltrame, nas manifestações de 2013 amedrontou muita gente que teria vontade de ir para as ruas protestar pacificamente, legitimamente, sem violência.

Mas para quem pensa que ninguém protesta, está sendo marcado um protesto virtual, nas redes sociais, intitulado "Eduardo Paes, tira esse post do armário". É que o movimento LGBT não se conforma que a Prefeitura do Rio fez uma homenagem aos casais gays no Dia dos Namorados, através do Facebook, e depois Paes, pressionado por um líder evangélico, mandou apagar o post.

Realmente isso diante do caos que o Rio de Janeiro vive é de uma relevância que me faltam palavras. Estamos muito mal!

FONTE BLOG DO GAROTINHO

segunda-feira, 22 de junho de 2015


Presidente Dilma; abaixo, reprodução da Folha de S. Paulo online
Presidente Dilma; abaixo, reprodução da Folha de S. Paulo online


Lula acertou quando disse que ele e Dilma estavam no volume morto e o PT abaixo do volume morto. Nova pesquisa DATAFOLHA mostra que a reprovação ao governo Dilma continua crescendo. Era de 60% na pesquisa anterior, passou a 65%. Em compensação a aprovação que era de 13%, caiu para 10%. Na véspera do impeachment, Collor tinha reprovação de 68%. Se a eleição fosse hoje, Aécio teria 10 pontos percentuais à frente de Lula. São números assustadores para o PT e o governo. E para piorar o quadro nas próximas quatro semanas, Dilma vai ter que justificar as pedaladas fiscais ao TCU, corre o sério risco de ter suas contas de 2014 reprovadas. Para completar o governo não produz boas notícias que possam mudar esse cenário. Tá feia a coisa! 
FONTE BLOG DO GAROTINHO

ATENÇAO SEGMENTO DA SOCIEDADE CIVIL:FÓRUM ELEITORAL DO CONSELHO DE MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO.




CONSELHO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE e SANEAMENTO
ANEXO IV

PROGRAMAÇÃO DO FÓRUM ELEITORAL,DIA 04 DE JULHO DE 2015, NO AUDITÓRIO DO  MUSEU HISTÓRICO DE CAMPOS.
ATIVIDADE
HORÁRIO
Abertura
9horas
Credenciamento dos participantes
9h15min
Mesa Redonda com os temas: Meio Ambiente, Saneamento Básico e Gestão de Conselhos Participativos
9h45min
Apresentação dos candidatos e das propostas de candidatura
11horas
Coffee break
12horas
Processo Eleitoral: Votação
12h30min
Processo Eleitoral: Apresentação dos resultados
13h30min
Encerramento
14horas