Follow by Email

sábado, 8 de novembro de 2014

Pando: velha, pesada e clonada

Pando: velha, pesada e clonada

A árvore mais velha do mundo é também a coisa viva mais pesada que existe. É uma, mas são várias: conhecida como Pando, é uma extensa colônia clonal da espécie álamo-trêmulo, nos EUA. Conheça este ancião peculiar em detalhes

-  A  A  +
Emiliano Urbim, Marcelo Testoni, Flávio Pessoa e Alexandre Jubran
Superinteressante - 09/2014
J Zapell/Wikimedia Commons

O QUE É PANDO?

Trata-se de um conjunto de troncos ligados por suas raízes que clona a si mesmo constantemente há milênios. Veja na imagem abaixo onde o Pando pode ser encontrado e sua origem histórica:

A INTERAÇÃO DO PANDO COM SEU HABITAT
1. Cê mente
O Pando produz sementes assexuadas - mas tão pobres em nutrientes que, se não fossem as raízes, ele não teria se reproduzido.
2. A morte lhe cai bem
Raízes sustentam troncos que vivem 130 anos e são trocados por novos, surgidos da massa subterrânea.
3. Ecossistema
No inverno, a colônia abriga animais. Insetos se alimentam das árvores mortas ou moribundas. Pássaros controlam pragas.
4. Na encosta
As raízes profundas tornam o chão mais resistente a deslizamentos e erosão - outro segredo para a longevidade do Pando.
5. Terreno
Injetar toneladas de herbicida sob o solo talvez mate o Pando. Mas, fincadas a 100 metros do solo, as raízes provavelmente resistiriam.


PANDO DE DADOS

Os números impressionantes do "gigante trêmulo":
- 47 mil troncos formam o conjunto da colônia clonal. Tem em média 20 m de altura e 50 cm de diâmetro;
- 80 mil anos têm as raízes. Elas são tão antigas que sobreviveram a uma Era Glacial;
- 5 milhões de toneladas é o peso total do sistema. Equivale a tudo que o Brasil colhe de trigo a cada ano;
- 43 hectares é a extensão total do bosque. Cabem cinco Pandos no Parque do Ibirapuera.
ETERNO RETORNOColônia clonal é um grupo contínuo de plantas, liquens ou fungos geneticamente idênticos, todos com um ancestral comum. Podem se renovar para sempre - inclusive consumindo seus próprios restos.
Confira na ilustração a seguir outras plantas milenares do planeta:
_____________
Fontes: Serviço Nacional de Parques dos EUA; Departamento de Agricultura dos EUA; Serviço Florestal dos EUA; Departamento de Árvores, insetos e doenças das florestas do Canadá; Ecofisiologia de Cultivos Anuais, por Paulo R.C. Castro e Ricardo A. Kluge; Louise Larissa May De Mio e Lucimeris Ruaro, professoras de engenharia agrônoma da UFPR; Waldomiro Nunes e Vidal, professor do Departamento de Biologia Vegetal da Universidade Federal de Viçosa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !