Follow by Email

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

V-CONFERENCIA NACIONAL DE MEIO AMBIENTE: ETAPA DE CAMPOS DOS GOIYTACAZES

A temática da conferência é RESÍDUOS SÓLIDOS,cujo eixos de temas são os 4 que seguem.De cada um destes eixos os conferencistas aprovarão 5 propostas a serem encaminhadas à Etapa Estadual a ser realizado em setembro no município do rio de Janeiro
Produção e consumo sustentáveis
Produção e consumo sustentáveis significam o uso de serviços e produtos que respondem às necessidades básicas humanas, trazem uma melhor qualidade de vida e minimizam o uso de recursos naturais e materiais tóxicos, bem como as emissões de resíduos e poluentes ao longo de seu ciclo de vida, de forma a não colocar em risco as necessidades das gerações futuras.
O Brasil aderiu em 2007 ao Processo de Marrakesh, que solicita e estimula que cada país-membro das Nações Unidas participante desenvolva seu Plano de Ação para Produção e Consumo Sustentáveis (PPCS) a ser compartilhado com os demais países, gerando subsídios para a construção do Marco Global.  O Brasil  lançou seu PPCS em 2011.

Redução de impactos ambientais

A Política Nacional de Resíduos Sólidos contribui para a melhoria da qualidade de vida na medida em que oferece diferentes instrumentos para viabilizar a gestão dos resíduos em toda sua complexidade. Um dos maiores desafios das administrações municipais é a disposição ambientalmente adequada dos resíduos sólidos com a eliminação total dos lixões até 2014.

Exemplos de tecnologias que reduzem os impactos ambientais são, a compostagem, biodigestores para resíduos sólidos orgâncios e agrossilvopastoris e utilização do biogás como combustível para geração de energia elétrica.

Geração de emprego e renda

Durante a implementação da PNRS, bem como do PPCS, é importante que sejam observadas questões de geração de emprego e renda, garantindo oportunidades de trabalho decente e distribuição de renda. A adoção de práticas sustentáveis em produção e consumo cria novas vagas nas empresas e redesenha as existentes.
A PNRS traz entre seus princípios o reconhecimento do resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor da cidadania, o que reflete a importância da indústria da reciclagem, que contribui substancialmente para a redução do impacto ambiental quanto ao uso de energia e de matéria-prima. O Brasil é o líder mundial na reciclagem de latas de alumínio, gerando um excedente de energia suficiente para fornecer eletricidade a uma cidade de mais de um milhão de habitantes durante um ano inteiro.

Educação ambiental

A PNRS aponta, entre seus objetivos, a não geração, a redução, a reutilização, a reciclagem, o tramento dos resíduos sólidos e a destinação final ambientalmente adequada dos rejeitos. Indica também a diminuição do uso dos recursos naturais como água e energia no processo de produção de novos produtos, o aumento da reciclagem no País, a promoção da inclusão social e a geração de emprego e renda para catadores de materiais recicláveis, entre outras ações.
O envolvimento da sociedade, no contexto dessa gestão inovadora a que se propõe a PNRS, vai muito além do necessário treinamento e capacitação técnica. Compreende uma diversidade de públicos e agentes de toda a cadeia, em especial o catador de material reciclado, que deve ser visto como ator relevante nas ações de informação e educação ambiental. E o consumidor, que tem uma nova responsabilidade com a PNRS, também é sujeito prioritário da educação ambiental, da mesma forma que os segmentos produtivos, que devem incorporar progressivamente a sustentabilidade aos processos de produção.
Dessa forma, frente ao enorme desafio proposto pela PNRS, é pertinente buscar inspiração numa pedagogia emancipadora, que soma a capacitação e o treinamento ao diálogo esclarecedor, com conteúdos e procedimentos correspondentes à reflexão crítica, à interação com a realidade cotidiana, à expressão popular de fóruns coletivos, de pequenos grupos, de indivíduos, sempre considerando os contextos cultural, social, econômico, político e ambiental, que representa a própria transversalidade.
CONFERÊNCIA DE MEIO AMBIENTE:ETAPA DE CAMPOS.
http://2.bp.blogspot.com/-QKAI_PQjURU/UfE4YAbT-3I/AAAAAAAADvA/irlhZnFqLws/s320/4conferencia_hotsite.gif

Em agosto ,nos dias 13 e 14 de agosto estaremos realizando a ETAPA PREPARATÓRIA MUNICIPAL DA CONFERÊNCIA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE.
Inscrições antecipadas a partir de 01 de agosto:1.Na sede da SMA(Secretaria do Meio ambiente)localizada na A. Osvaldo Cardoso de Melo,1.233,P.São Caetano
2.Centro de 
Educação Ambiental,localizada na Av. Jose Carlos P. Pinto,nº300,P. Rio Branco,Guarus.
3.Horto Municipal ,localizado na AV. Alberto Lamego Lamego,s/nº,pq. Califórnia.
4.INSCRIÇÕES NO DIA DA CONFERÊNCIA:sede da conferência ,localizada na Rua dos Goytacazes,s/º sede da Fundação de Esportes,pq. Oliveira Botelho.
5.INSCRIÇÕES ANTECIPADAS: NO SITE DA SECRETARIA MUNICIPAL DO MEIO AMBIENTE:LINK http://meioambiente.campos.rj.gov.br/index.php/incricoes



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !