Follow by Email

domingo, 18 de agosto de 2013

Ondas de calor extremo devem quadruplicar até 2040

Publique
o selo
no seu blog

Doe livros para uma biblioteca

Ondas de calor extremo devem quadruplicar até 2040 José Eduardo Mendonça - 15/08/2013 às 11:05


novo-regime-clima
Mundo vai entrar em “novo regime climático”
O tipo de calor que destrói plantações, torra florestas e mata pessoas deverá se tornar mais frequente nos próximos 30 anos – ainda que os humanos cortem as emissões de CO2 imediatamente e invistam em energia renovável, afirma um novo estudo.
Serão ondas de calor semelhantes às que devastaram colheitas nos Estados Unidos em 2012 e fizeram o mesmo na Rússia em 2010, ou mataram mais de 70.000 pessoas na Europa em 2003.
Portanto, o mundo deve se preparar para um fenômeno sem precedentes. O calor vai dobrar até 2020 e quadruplicar até 2040. Dim Coumou, do Instituto de Pesquisa do Impacto do Clima de Potsdam, na Alemanha, e um colega de Madri, publicaram esta previsão ontem na Environmental Research Letters.
Eles seguiram a lógica matemática dos modelos do clima e a termodinâmica. O gás estufa já na atmosfera elevou as temperaturas globais, mas uma média é apenas a soma de todos os extremos divididos pelos dias do ano. As temperaturas médias aumentam como resposta aos níveis de CO2, e o mesmo vai acontecer com os extremos. A segunda metade do século, dizem os autores do estudo,vai ser ainda pior, a menos que as emissões sejam substancialmente reduzidas desde agora.
“Em muitas regiões, os meses de verão mais frios no final do século vão ser mais quentes do que os mais quentes registrados hoje – e é isto que diz nosso cenário com a mudança do clima. Vamos entrar em um novo regime climático,” afirmou Coumou.
A pesquisa deverá servir de munição para aqueles que pedem aos governos o desenvolvimento de mais estratégias de resiliência ao clima. Elas assegurariam que infraestruturas, essenciais para o funcionamento da economia e também para a preservação da vida humana, consigam suportar os piores impactos. O mesmo comportamento deverão ter as empresas para proteger seus ativos. No momento, como se sabe, países da Ásia estão sendo castigadas por um calor escaldante, com temperaturas de até 42Cº, como ocorre no Japão, lembra o Business Green.
Foto: Ghost Particle/Creative Commons

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !