Follow by Email

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Meias produzidas com restos de café eliminam mau cheiro dos pés

Meias produzidas com restos de café eliminam mau cheiro dos pé 10 de Agosto de 2013 


Batizadas de Atlas, as meias criadas pela marca norte-americana Ministry of Supply utilizam café usado para manter os pés frescos e livres de mau cheiro. Depois de serem recolhidos em padarias, bares e outros estabelecimentos, os restos de grãos torrados são limpos e misturados ao tecido, tornando as meias três vezes mais eficazes na absorção de suor e odores do que as versões convencionais.
O produto que inibe o mau cheiro dos pés é elaborado com algodão, poliéster reciclado e restos de café queimado, resíduo que filtra e absorve o odor e o suor e deixa os pés mais confortáveis. De acordo com os criadores das meias Atlas, o resíduo é uma arma contra o chulé, pois sua superfície esponjosa atrai as moléculas de carbono que compõem o mau cheiro – liberadas quando entram em contato com a água.
O tecido inteligente é capaz de identificar quais as áreas mais quentes dos pés das pessoas, melhorando a ventilação nestas zonas. Os desenvolvedores das meias Atlas também realizaram um mapeamento de pressão, a fim de localizar os pontos que mais suportam peso nos pés e dar suporte, melhorando a circulação de sangue nestes locais.
O projeto foi lançado em junho no Kickstarter e a marca de Boston arrecadou um valor superior à verba necessária para dar início à produção das novas meias. Perto das convencionais, a Atlas ainda tem um preço salgado: para garantir um par, é preciso desembolsar, no mínimo, 63 reais, mais os custos de envio. No vídeo abaixo (em inglês), é possível saber mais sobre a fabricação das meias Atlas:

Redação CicloVivo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo sua participação e opinião !