Follow by Email

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Flash do Secretário:Palestra sobre Educação Ambiental na Gestão de resíduos e coleta seletiva para Diretores das escolas Municipais

Durante 02 dias ,palestramos para aproximadamente 250 diretores de Escola Municipais e Creches,sobre as novas responsabilidades da sociedade e dos gestores públicos na Gestão de Resíduos.

Trânsito,violência e mais

Atenção Srs. Guarda Municipal do pelotão de Trânsito:não me exija cinto de segurança,pois sou Autoridade municipal,posso ter que me desvencilhar de um sugismundo furioso comigo e preciso bater em fuga rápida.Atenção manifestantes pela Paz,não atrapalhe por nenhum instante minha passagem, afinal sou Secretário e posso estar sendo seguido por tentativa de sequestro. Metáfora a parte,nem sempre os fins  não justificam os meios.PRECISAMOS DE PAZ NO TRÂNSITO.Na democracia TODOS SÃO CIDADÃOS COM DIREITO E DEVERES.ABAIXO A ARROGÂNCIA DE QUEM TEM DINHEIRO E AUTORIDADE E SE "acha dono do mundo".COITADOS !

PROGRAMAÇÃO SEMANAL DA LIMPEZA PÚBLICA

sábado, 28 de maio de 2011

Flagrante do Secretário: Unidade de Saúde descartando lâmpada irregularmente.

Atenção diretores de Unidades Básicas de Sáude :As lâmpadas inservíveis  da sua Unidade,deverão serem entregues na Campos Luz, que armazena junto com as milhares de lâmpadas oriundas da iluminação pública e posteriormente recicladas,conforme notícia recente postada no Blog. 

ABLP participa de processo de instalação da logística reversa no Brasil

05/05/2011-O Ministério do Meio Ambiente instalou cinco grupos de trabalho que serão responsáveis pela implementação da logística reversa no Brasil. Cada grupo cuidará de uma cadeia: eletroeletrônicos; lâmpadas de vapores mercuriais, sódio e mista; embalagens em geral; embalagens e resíduos de óleos lubrificantes; e descarte de medicamento. A ABLP fará parte dos GTs de Embalagens e Medicamentos.
A logística reversa é prevista pela Política Nacional de Resíduos Sólidos (lei 12.305/2010). De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, os grupos “vão debater e definir quais os tipos de produtos de cada cadeia e os tipos de resíduos que serão submetidos à logística reversa”. O MMA informa ainda que estão convidados a participar destes grupos todos os atores envolvidos dentro da cadeia de responsabilidade compartilhada, como importadores, fabricantes, distribuidores, comerciantes, o Movimento Nacional de Catadores de Material Reciclável, representantes dos estados e dos municípios.
"O Governo Federal tem o propósito de dialogar com todos esses setores. A PNRS é exemplar neste sentido, pois apostou no processo de discussão para que as políticas públicas fossem apropriadas", disse a ministra Izabella Teixeira, no lançamento dos GTs, nesta quinta-feira, 5, em Brasília.
Fonte:site ABLP(Associação Brasileira de Limpeza Pública)





DADOS SOCIAIS DO CENSO DE 2010!

1) 60,7% da população vivem em domicílios com renda familiar per capita de até um salário mínimo. 15% da população vivem em domicílios com renda familiar per capita de 25% do salário mínimo. 4,3% dos domicílios não têm rendimento nenhum.

2) Em 2000, os domicílios com ligação à rede de esgoto eram 47,2% do total. Em 2010 eram 55,4% do total. Isso significa que 25,5 milhões de domicílios no Brasil não têm ligação à rede de esgoto.
*fonte:blog do Cesar Maia

Corregedora do CNJ alerta para portas de desmandos do Judiciário

Brasília, 13/05/2011 - A corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, alertou os presidentes dos tribunais de Justiça brasileiros para três questões que, segundo ela, são a porta de entrada dos desmandos no Judiciário: os precatórios, a distribuição dos processos e a realização de obras. “Peço atenção dos presidentes aos precatórios e à distribuição (de processos), bem como à realização de obras, que são as portas por onde entram os desmandos nos tribunais”, afirmou, durante a solenidade de abertura do 87º Encontro do Colégio Permanente de Presidentes de Tribunais de Justiça do Brasil, realizada em Salvador na noite desta quinta-feira.

A ministra reafirmou a vocação do CNJ e da Corregedoria Nacional como parceiros dos tribunais. “Estamos oferecendo uma parceria institucional com os tribunais para juntos fazermos um Brasil melhor”, disse. Eliana Calmon reforçou que, hoje, a tarefa do CNJ como órgão de sanção é bem menor do que sua missão de apoiar e fazer com que os tribunais superem suas dificuldades funcionais. “Os projetos da Corregedoria são para auxiliar os presidentes a atingirem as metas estabelecidas pelo CNJ”, afirmou.
*fonte Site OAB federal.

Prefeitura Presente: Doação de adubo orgânico.

Doação de adubo orgânico,produzido na Usina de Triagem e Compostagem José Antônio em  Santo Amaro ,durante  evento Prefeitura Presente.Na sede da SSP e no Jardim Nilo Pessanha,de segunda a sexta-feira,a população troca sacolas de lixo recicláveis pelo adubo.

Flash do Secretário:Distribuição de sacola veicular


Campanha de distribuição de sacolas de lixo para veículo ,realizado no sábado 28/05/2011.Neste evento de educação ambiental para gestão de resíduos,5.000 sacolas foram distribuídas pela equipe da SSP.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Descarte de lâmpadas

A Campos Luz fez o descarte ambiental de mais de 10 mil lâmpadas de várias potências e formatos, recolhidas na área urbana e rural, por estarem queimadas ou defeituosas. Esse foi o primeiro descarte do ano e todo o material, já triturado e embalado, será reutillzado e aplicado na elaboração de novos materiais; como espelhos, termômetros, corantes e medicamentos, entre outros, pelo Instituto de Desenvolvimento Ambiental e Tecnologia -Idéias Cícticas- e Naturalis, parceiras no projeto. (A.N.). 


Fonte: Jornal Folha da Manhã - 28.04.11







terça-feira, 17 de maio de 2011

Flash do Secretário:seminário em São Paulo.

A politica de resíduos está fervendo de novidades  e novos caminhos exigidos a partir da Lei nacional.Campos está no rumo certo com as obras inauguradas do novo aterro,do autoclave e da nova usina de reciclagem com capacidade de 100 toneladas/dia, próxima de ser inaugurada.Estou antenadíssimo.

Instalação de papeleiras em Morro do Côco

Instalação de papeleiras na Rua principal do Distrito de Morro do Côco, onde há também serviço de varrição.

Cena suja: Lixo na Av.Pelinca

Lixo descartado por comerciante de alimentação .Nesta área a coleta de lixo é diária e tal fato repete-se por irresponsabilidade do mesmo, que não quer,alega que não pode, armazenar o lixo da madrugada, para ser coletada no dia seguinte.UMA VERGONHA  E FALTA DE RESPEITO-NÃO COMIGO- MAS COM A CIDADE E COM A CIDADANIA.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

coleta seletiva em Campós - Parte 2 -Lei nº 8.202, de 04 de abril de 2011.


Lei nº 8.202, de 04 de abril de 2011.


Dispõe sobre a obrigatoriedade do processo de coleta seletiva de lixo em condomínios residenciais, “shopping centers” e órgãos da administração direta e indireta no Município de Campos dos Goytacazes/ RJ.
................
Art. 1º - Ficam os condomínios residenciais com, no mínimo, cinqüenta unidades habitacionais, shopping centers com, no mínimo, cinqüenta lojas e os órgãos da administração direta e indireta do Município de Campos dos Goytacazes, obrigados a implantar processo de coleta seletiva de lixo.

Art. 2º - ................
§1° - Serão considerados resíduos gerais não recicláveis aqueles que, mesmo após passarem por transformação química ou física, por falta de tecnologia para o tipo especifico de material, não puderem ser reutilizados, tais como dentre outros:
a) papéis não recicláveis; adesivos, etiquetas, fita crepe, papel carbono, fotografias, papel toalha, papel higiênico, guardanapos e papéis engordurados, metalizados, parafinados ou plastificados;
b) plásticos não recicláveis; espumas, acrílicos, teclados e carcaças de computadores, cabos de panelas, tomadas, adesivos e isopor;
c) vidros não recicláveis; ampolas de medicamentos, lâmpadas, vidros temperados planos, espelhos, cristais, cerâmicas e louças;
d) metais não recicláveis; clipes, grampos, latas de tinta, latas de combustíveis, pilhas, baterias e esponjas de aço.

§ 2° - ..........
§ 3° - ...............
§ 4° - O prazo para os condomínios residenciais e os shoppings centers implantarem a coleta seletiva do lixo prevista nesta Lei é de 06 (seis) meses, sendo que os órgãos da administração direta e indireta terão prazo de 12 (doze) meses contados da publicação no Diário Oficial.
Art. 3° - VETADO

Art. 4° - O descumprimento da presente Lei acarretará ao infrator a pena de multa de 500 (quinhentas) UFICA's.

Art. 5° - VETADO

Art. 6° - O Poder Executivo regulamentará a presente Lei, designando órgão especial responsável pela fiscalização e aplicação da penalidade prevista nesta Lei.

Art. 7° - As despesas com a execução desta Lei correrão à conta das dotações orçamentárias próprias.

Art. 8° - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.


PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 04 de abril de 2011.

Rosinha Garotinho- Prefeita -

*Amplia para condomínios e centros comerciais a obrigatoriedade da segregação do lixo recicláveis.Estabeleceu multa para o descumprimento e prazo de 12 meses para o governo municipal adotar os procedimentos e cumprir a lei.Meu desafio em que pretendo  trabalhar com afinco, é levar a coleta à órgãos da Prefeitura em todo o município.

coleta seletiva em Campos.Lei nº 7.889, de 26 de dezembro de 2006.

Lei nº 7.889, de 26 de dezembro de 2006.


Institui a separação do lixo reciclável nos órgãos públicos municipais da administração direta e indireta, e dá outras providências.
..................
Art. 1o – Fica instituída a separação do lixo útil (embalagens plásticas de natureza diversa, papéis, papelões, vidros e metais) nas autarquias e repartições que integram a administração direta e indireta, empresas públicas e fundações.
Art. 2o – É de responsabilidade de cada chefia das unidades integrantes dos entes públicos elencados no Art. 1o zelar pela observância do prescrito na presente Lei.
Art. 3o -........
Art. 4o – Os recursos provenientes da venda dos materiais mencionados nesta Lei, serão destinados ao Fundo Municipal de Assistência Social.
Art. 5o - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, 26 de dezembro de 2006.
ALEXANDRE MARCOS MOCAIBER CARDOSO- Prefeito -

*Primeira lei no sentido de ampliar a coleta seletiva,compulsando o poder público, a segregar o lixo reciclável.Não estabeleceu multa .


Catadores do aterro de Gramacho terão galpões para lixo reciclável

12/05/2011

» Flor Jacq
A principal demanda dos catadores de lixo obteve resposta: serão alugados quatro galpões de depósito de material reciclável até que um polo de reciclagem seja construído.
Em reunião realizada hoje (12/05) na Secretaria de Estado do Ambiente (SEA), no Centro do Rio, para apresentar os planos de reurbanização do bairro Jardim Gramacho e o de apoio aos catadores que atuavam no aterro em Duque de Caxias, a principal demanda dos catadores de lixo obteve resposta: serão alugados quatro galpões de depósito de material reciclável até que um polo de reciclagem seja construído.
Para o líder dos catadores, Tião Santos, a prioridade das ações deve ser a reativação das atividades laborais dos quase 2,5 mil catadores que estão sendo afetados com a desativação gradual do aterro de Gramacho: “Queremos um bairro descente e capacitações, mas geração de emprego e renda é o mais importante.”
“O papel da SEA é mediar a relação entre os diversos atores envolvidos na questão, por isso estamos aqui nesta reunião. Se o ponto nevrálgico para os catadores são os galpões, além das capacitações e da reurbanização do bairro, apoiaremos a Prefeitura de Caxias para resolver este problema o quanto antes”, afirmou o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc.
Durante a reunião, a SEA apresentou o cronograma de desativação gradual do aterro. De acordo com o documento, que coordena as ações dos planos criados pela Nova Gramacho – empresa que explora o gás metano captado no aterro – e pelo Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (IETS), as obras de infraestrutura do terreno e de construção dos galpões estão previstas para começar em agosto deste ano.
Minc lembrou que as propostas devem ser aprovadas pelos participantes da comissão multidisciplinar – composta pela SEA, representantes da Prefeitura de Duque de Caxias, da Nova Gramacho, Comlurb, BNDES, Caixa Econômica Federal e de cooperativas de catadores. Disse ainda que a execução dos planos depende da aprovação do Fundo de Apoio aos Catadores, pela Câmara de Vereadores de Caxias.
“As propostas estão muito boas. Foram absorvidos aspectos sociais, urbanísticos e ambientais. No entanto, é necessário correr com os prazos. A situação é bastante complicada”, disse Minc.
Presente à reunião, o secretário de Meio Ambiente de Duque de Caxias, Samuel Maia, informou que até junho o fundo deve estar sancionado e em “pleno funcionamento”.
Foi iniciado este mês o cadastramento dos catadores que receberão benefícios, como o Bolsa Família, do governo federal. O Plano de Apoio aos Catadores prevê também a capacitação dos catadores para inserção no mercado de trabalho, além do aprimoramento em técnicas de reciclagem e do oferecimento de cursos de empreendedorismo.
“Como alguns dos cursos ocorrerão durante o horário de trabalho, serão oferecidas bolsas de estudo para garantir a frequência dos catadores”, disse Minc.
O plano de reurbanização prevê obras de infraestrutura, habitações populares, áreas de laser e ciclovias, além da pavimentação de vias principais.
A Secretaria de Trabalho de Duque de Caxias informou que uma parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) vai assegurar 1.200 vagas em cursos de capacitação para diversas áreas. No programa federal Pró-Jovem, que oferece aos participantes oportunidades de elevação da escolaridade e qualificação profissional, a prefeitura de Caxias conseguiu reservar 200 vagas, para jovens entre 18 e 29 anos.
Por fim, em diálogo com Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, o município garantiu mais 300 vagas no Programa Próximo Passo, que qualifica beneficiários do Bolsa Família para a inserção no mundo do trabalho.

Fonte: Secretaria de Estado do Ambiente - SEA » Notícia




PROGRAMAÇÃO SEMANAL DA LIMPEZA PÚBLICA

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Campos ganhará mais quatro entulhódromos

Por Denise Ferreira 07.05.11














Foto: Roberto Joia  
Mais quatro entulhódromos serão contruídos pela prefeitura, além dos já existentes



A secretaria de Serviços Públicos fará quatro novos entulhódromos em Campos, nos bairros do Eldorado, Flamboyant, Parque Aurora e Parque Prazeres. As áreas foram definidas e a construção será feita pela secretaria de Obras e Urbanismo, que já elaborou o projeto atualmente em fase orçamentária. Cada uma das áreas tem cerca de 900 metros quadrados e receberá o acúmulo dos detritos do bairro onde estará localizada e outros próximos, o que vai facilitar o descarte de materiais como resto de obras e de móveis velhos.

Com os novos entulhódromos, a cidade contará com o total de nove locais para depósito dos materiais. Segundo o secretário Zacarias Albuquerque, o objetivo do projeto é dotar as áreas mais populosas da cidade com local próprio para despejo correto de entulhos. “Os entulhódromos existem para resolver o problema de descarte de materiais em ruas, avenidas e principalmente terrenos baldios. Eles foram criados para isso e é preciso que a comunidade continue fazendo a sua parte”, assinalou.

Os entulhódromos existentes estão localizados na Avenida Teresópolis, no Parque Guarus, atendendo aos bairros próximos da Beira Lago e Visconde de Ururaí; na Avenida Zuza Mota, no Parque de mesmo nome, atendendo aos Parques Presidente Vargas, Alvorada, e Rio Branco; no Parque Califórnia, que atende também aos bairros do Horto e parte do Turf Clube; e no Parque Julião Nogueira, beneficiando as comunidades do Parque Rodoviário, Corrientes, Nova Brasília e Esplanada, entre outras.
Com a implantação dos novos entulhódromos, haverá um outro ponto positivo, diz Zacarias: “Vai diminuir a procriação de insetos e roedores que, muitas vezes, invadem as residências e podem causar doenças graves. A existência de entulhódromos têm ainda a função de incentivar as ações de cidadania, na promoção do bem estar geral”, conluiu o secretário.

Fonte: site da PMCG

















sábado, 7 de maio de 2011

Logística reversa de óleos lubrificantes e respectivas embalagens

As embalagens de óleos lubrificantes deverão ser destinados para reciclagem,é o que determina a lei nacional dos resíduos.Ainda em 2011, o tema será regulamentado e definido os mecanismos para operar a coleta destas embalagens em Campos e região.Cena suja no Parque Alfavile.Vamos cadastrar e notificar as oficinas e Postos de Gasolina.

Praga da limpeza! Resíduos no lugar errado no P. Alfhavile.

A Prefeitura acabou de concluir a obra de pavimentação das calçadas.O que esse  irresponsável  pensa:NADA. Se para remover este entulho utilizar-se caminhão e retro-escavadeira,o passeio não suportará e será todo danificado.MANTENHA O TERRENO BALDIO LIMPO,não jogue entulho ,não jogue lixo.

Cena Limpa : morador entregando resíduo vegetal no entulhódromo do Parque Aurora

Muitos ainda não compreendem,mas é uma necessidade da vida urbana e da legislação.Os entulhódromos( 05 em Campos) são esses espaços para exercício de conservação de limpeza e cidadania.

Cena suja! Descarte de copos de refrigerante e água feito por comerciante na Rua 21 de Abril

Copos de água,de refrigerantes ,guardanapos e etc. descartados por "comerciante(despreparado) da proximidade".A dengue esta aí afligindo muitos e esse insano,coloca em risco a vizinhança.

Cena urbana : catadores de material reciclável

Catador de recicláveis no entulhódromo do Parque Aurora.Cena cada vez mais comum na rica Campos,porém como em todo Brasil,também com excluídos.

Campanha Cidade Limpa!

 Toda semana equipes da Secretaria de Serviços visita com panfletagens  Avenidas e bairros diversos da cidade para orientar o procedimento correto na gestão dos resíduos(direito e dever de todos.

Cena : coleta seletiva em Shopping Center (São Paulo)

Em Campos,somente  o Shoping Boulevard,instalou lixeira diferenciadas para orgânico  e recicláveis.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Coleta seletiva vira obrigação!

Fernanda Moraes 03.05.11


A lei sancionada pela prefeita Rosinha Garotinho, que prevê a implantação da coleta seletiva de lixo nos condomínios residenciais e shoppings de Campos teve aprovação na cidade. Já publicada no Diário Oficial do Município, mês passado, ela é destinada aos condomínios com pelo menos 50 unidades habitacionais e aos shoppings com, no mínimo, 50 lojas, abrangendo também os órgãos da administração pública. Os estabelecimentos terão seis meses para a implantação das lixeiras de cores diferenciadas, que são destinadas à separação de resíduos como papel, plástico, metal, vidro e material orgânico.

O Shopping Avenida 28 foi um dos que se anteciparam à lei e adotou a coleta seletiva no ano passado. Segundo o superintendente do shopping, Marcelo Repetir, a iniciativa foi bem aceita e tem dado bons resultados, embora, para ele, esse processo não deve se restringir apenas à colocação de lixeiras para a separação dos resíduos, mas a um trabalho de conscientização das pessoas. “É preciso mais informação por parte dos órgãos públicos”.

A mesma opinião tem a síndica do condomínio Recanto das Palmeiras, Maria Amália Mota Martins Magalhães. Embora já ciente da lei, Amália acredita que a implantação da coleta seletiva no condomínio, que é um dos maiores e mais populosos de Campos, não será uma tarefa das mais fáceis. “Temos aqui 1.152 apartamentos, com 3,7 mil moradores, e ainda não definimos como vamos fazer. Sabemos de início que as lixeiras coloridas não vão comportar a grande quantidade de lixo que é recolhido aqui, pois temos 12 apartamentos em cada bloco”, disse.

Fonte: Jornal Folha da Manhã On Line

terça-feira, 3 de maio de 2011

campanha :RECICLGAEM DE CELULARES

Site mostra postos de coleta de lixo eletrônico mais próximos da sua casa

Por Carlos Eduardo(Kadu)



Sem destinação adequada, e-lixo pode contaminar o solo e as águas, trazendo danos para a naturezaSe você é viciado em tecnologia e se preocupa com o meio ambiente, saiba que o Instituto Sergio Motta em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo criaram um site que encontra os locais mais próximos da sua casa para você se livrar daquele celular velho que, se jogado no lixo, pode contaminar o solo, a água e o ar com substancias tóxicas.
O site funciona desde março de 2010 e utiliza a plataforma Google Maps para encontrar os postos de coleta de lixo eletrônico mais próximos. Para saber onde descartar, basta inserir o seu CEP e o tipo de resíduo – baterias, pilhas, celulares, computadores, etc -, para ter acesso a relação dos locais de descarte.
O lixo eletrônico, também conhecido como e-lixo, são todos aqueles equipamentos eletrônicos que não possuem mais utilidade, e se não tiverem uma destinação adequada, vão parar em aterros comuns e contaminar o solo e as águas, trazendo danos para o meio ambiente e para a saúde humana.
Um bom exemplo é quando uma bateria de celular é jogada em aterros não controlados. Os metais tóxicos podem contaminar o solo e atingir o lençol freático, interferindo na qualidade dos mananciais. Caso a água venha a ser utilizada na irrigação, criação de gado ou mesmo no abastecimento público, o homem pode ser afetado.
Segundo o Instituto Sergio Motta, o número de postos de coleta de lixo eletrônico computados pelo site eram poucos no começo, mas atualmente existem mais de 700 locais cadastrados só na Grande São Paulo.
Agora não tem mais desculpa na hora de descartar seu lixo eletrônico: http://www.e-lixo.org/
* Em Campos estamos desenvolvendo inicialmente a campanha para reciclagem de telefone celular e bateria,conforme já noticiado no blog.

Coleta seletiva em condomínios e shoppings da cidade

Por Emilly Maitan   -  02.05.11





A secretaria solicita que a comunidade colabore com o trabalho, acondicionando os materiais já separados, por orgânicos e inorgânicos Foto: Antônio Leudo

Os condomínios residenciais com no mínimo 50 unidades habitacionais; shoppings centers, com no mínimo 50 lojas, e os órgão de administração direta e indireta do município terão que implantar o processo de coleta seletiva do lixo. É o que estabelece a lei sancionada pela prefeita Rosinha Garotinho.

A lei prevê a separação de resíduos, como papel, plástico, metal, vidro, material orgânico e resíduos gerais não recicláveis, que deverão ser acondicionados em lixeiras de cores diferenciadas, colocadas lado a lado, em locais de fácil acesso e visualização ao veiculo coletor. Junto à cada lixeira deverá existir uma placa explicativa sobre seu uso e significado de suas cores, inclusive identificações claras e códigos lingüísticos para deficientes visuais.

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Zacarias Albuquerque, a nova lei vai facilitar o aumento da reciclagem e expandir a coleta seletiva na cidade. “O essencial é que a sociedade assuma uma nova postura. No entanto, a lei estende a responsabilidade para todos. Nós vamos fazer um ajustamento para fazer cumprir e fazer valer a lei, tão importante para o município”, ressalta o secretário.

O prazo para os condomínios e os shoppings implantarem a coleta seletiva do lixo é de seis meses e para os órgãos da administração direta e indireta, de 12 meses, contados a partir do dia 19 de abril, quando a lei foi publicada no Diário Oficial do município. O descumprimento da lei pode acarretar uma multa de R$ 3,5 ao infrator.

fonte: Site da PMCG


PROGRAMAÇÃO SEMANAL DA LIMPEZA PÚBLICA